FCA garante que vendas continuam normalmente; sucessor deve ser importado

Segundo modelo mais vendido do segmento de furgões, só perdendo para o Renault Master, o Fiat Ducato não será mais produzido pela Iveco no complexo industrial de Sete Lagoas (MG). O anúncio foi feito na última semana, durante a reunião anual de divulgação de resultados da FCA. 

Com a mudança de planos, a Iveco encerrará as atividades da linha de montagem do modelo, que é oferecido por aqui nas versões van de passageiros e furgão, demitindo 300 funcionários. Todavia, Sérgio Ferreira, diretor comercial da FCA Brasil, afirmou que o fim da produção nesta unidade é apenas parte de uma nova estratégia para o modelo.  

 

Fiat Ducato

 

Ainda não está confirmado de onde o Ducato virá, mas o modelo ainda possui estoque suficiente para atender às vendas dos próximos meses, de acordo com a marca. Vale lembrar que a nova geração já está sendo produzida na Itália e também no México, de onde se especula que o furgão possa ser exportado para o Brasil.

Fruto de uma parceria entre a FCA e a PSA, os modelos Peugeot Boxer e Citroën Jumper também são produzidos no complexo da Iveco em Sete Lagoas. Por enquanto, eles devem continuar a ser produzidos normalmente.

Fotos: divulgação