SUV é lançado em "casa" com três opções de acabamento e versão híbrida

Apresentado ao redor do mundo em diversos salões, inclusive aqui no Salão do Automóvel, no mês passado, o arrojado Toyota CH-R começou a ser vendido nesta quarta-feira (14) no Japão. Disponível em três versões, o SUV tem preços entre 2.516.400 e 2.905.200 ienes (R$ 72.400 e R$ 83.600).

Segundo modelo desenvolvido sobre a mais nova plataforma da Toyota - o primeiro foi o novo Prius -, a TNGA (Toyota New Global Architecture), o SUV faz parte de um projeto global da Toyota de evolução no processo de montagem de automóveis. 

 

Toyota CH-R

 

Se o modelo norte-americano terá mecânica de Corolla, com motor 2.0 de 144 cv e câmbio CVT, o CH-R vendido "em casa" terá duas opções. A primeira é o conjunto híbrido (motor a combustão de 98 cv e elétrico de 72 cv), que se destaca pelo consumo médio de 30,2 km/l, referência no segmento. O outra opção é o motor 1.2 turbo de 116 cv e 18,9 kgfm de torque associado ao câmbio CVT que entrega 15,4 km/l de consumo médio. 

Desde a versão de entrada, o CH-R traz freio de estacionamento elétrico, volante em couro, acesso e partida sem chave, além do pacote Sense, que agrega sistemas auxiliares de segurança e assistência ao motorista. As versões superiores adicionam rodas aro 18", LEDs diurnos, faróis de neblina e monitor de ponto cego, entre outros.

 

Toyota CH-R

 

Principal novidade da Toyota no Salão do Automóvel, o CH-R veio apenas como conceito e ainda sem data definida de estreia por aqui. Apesar do interesse em vender o carro no Brasil, a Toyota foi cautelosa e disse que está “avaliando a reação do público a um modelo que é bastante arrojado”.

Com isto, a marca japonesa continua atrasada para entrar na briga dos SUVs compactos contra HR-V, Renegade, Kicks e companhia. A expectativa é de que o modelo estreie por aqui em 2018. 

Fotos: divulgação

 

Toyota CH-R - Japão