Holden Commodore NG, mesmo carro, também estreia na Austrália

Poucas horas após o flagra revelador, a GM divulgou de forma oficial as primeiras fotos e informações do novo Opel Insignia Grand Sport e também do "irmão" britânico da Vauxhall, que é basicamente o mesmo carro com outro emblema. Esta é a segunda geração do sedã que sucedeu o Vectra, que já esteve entre nós quando a GM brasileira tinha os lançamentos alinhados com a divisão europeia.

Leia também:

Incorporando diversos elementos do belo Monza Concept, apresentado em 2013, o novo Insignia tem linhas mais fluídas, além de ser elegante e ao mesmo tempo mais esportivo que o seu antecessor.

Medindo 4,90 metros de comprimento (9 cm a mais), a nova geração teve a altura de rodagem reduzida em 29 mm, com bitolas 11mm mais largas. A distância entre-eixos ficou 92 mm maior, chegando a 2,83 m, enquanto os balanços dianteiro/traseiro tiveram redução significativa. Tudo isso favoreceu a ampliação do espaço interno, sendo um dos destaques do carro.

 

Opel Insignia Grand Sport

 

"Seu design combina linhas fluidas e superfícies sutis com linhas nítidas e precisas que evidenciam as suas proporções: parece mais longo, mais baixo e mais largo do que realmente é, e definitivamente parece sofisticado", disse Brit Mark Adams, vice-presidente da Opel Design Europa.

Baseado em uma nova plataforma modular do grupo, a E2XX, o sedã também promete ser referência no segmento em termos de aerodinâmica, com coeficiente de apenas 0,26. A nova base também significa redução de peso entre 60 e 175 kg, dependendo da versão.

Leia também:

Além do visual mais arrojado, a oferta de novas tecnologias foi ampliada e tem como destaque itens como faróis de LEDs, assistência de permanência em faixa, head-up display, para-brisa aquecido e bancos com certificação AGR e aquecimento.

 

2017 Opel Insignia Grand Sport

 

Equipado com tração integral permanente com a função Torque Vectoring, o sedã oferece ainda o sistema FlexRide com três modos de condução (Standard, Sport e Tour). Outra novidade é o Drive Control, que adapta o carro ao estilo de condução.

A gama de motores ainda não foi divulgada, mas a imprensa europeia aposta no 2.0 turbo de 250 cv para a versão de topo. A estreia para o público está sendo aguardada para o Salão de Genebra, em março de 2017. Nos Estados Unidos o modelo chega até o fim do ano que vem como um Buick Regal. 

 

2018 Holden Commodore

 

Holden Commodore NG

Do outro lado do mundo, o Holden Commodore 2018 estreia como o sucessor do emblemático VFII. Chama a atenção o fato de que, pela primeira vez na história, o Commodore, um modelo tradicionalíssimo no mercado local, não será mais feito na Austrália. 

Com estreia aguardada para 2017, o Commodore NG traz as mesmas tecnologias do irmão europeu e terá sob o capô um motor de 2 litros e 4 cilindros, ainda sem especificações divulgadas. A imprensa local especula que o câmbio será o novo automático de nove marchas, com tração dianteira, o que faz todo o sentido, considerando sua nova plataforma.

 

2018 Holden Commodore

 

Um degrau acima, haverá uma versão mais atual do V6 3.6, com 311 cv e 37,7 kgfm de torque, esta com um sistema de tração nas quatro rodas. Mais detalhes serão divulgados com a proximidade do lançamento.

Fotos: divulgação

Opel Insignia Grand Sport 2017