Duas novas linhas de usinagem seriam abertas na fábrica de São José dos Campos para a produção do 2.8, que era produzido sob licença pela MWM

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos da fábrica de São José dos Campos (SP), a General Motors fechou um acordo para a contratação de novos funcionário para nacionalizar o motor 2.8 turbodiesel da picape S10 e do SUV Trailblazer. As operações seriam iniciadas a partir de março de 2017 e incluiriam a abertura de duas novas linhas de usinagem na planta paulista.

 

GM motor diesel S10

 

Até março deste ano este propulsor era fornecido pela MWM Motores. A curiosidade é que ele nunca foi de origem MWM, mas sim VM Motori, e era produzido pela empresa de Canoas, no Rio Grande do Sul, sob licença. Após o fim do contrato de produção licenciada, o 2.8 passou a ser importado. Com a produção local, a marca espera ganhar em agilidade do processo produtivo, além de gerar novos empregos (cerca de 200), a partir de janeiro.

A fábrica do interior de São Paulo também comemora o aumento na produção da picape. Com a demanda aquecida em mercado externos, como Argentina e México, o modelo deve fechar o ano com aumento de 25% em relação a 2015 - chegando a 50 mil unidades.

Fotos: divulgação

GM motor diesel S10