Parece que o Camry bebeu da fonte do Ford Fusion em sua nova geração

Após muitas fotos embaixo de camuflagem, a Toyota começa a mostrar a nova geração do Camry por partes. Modelo acima do Corolla e que já teve tempos melhores no Brasil, ele deve adotar um visual mais esportivo e menos "tiozão" para atrair um público mais jovem, como aconteceu com o Ford Fusion, líder do segmento por aqui e sucesso de vendas no exterior. 

Ele já mostrava esse caminho em suas fotos camuflado. Na traseira, a nova tendência de caimento suave para a tampa, que é mais curta e adota um pequeno aerofólio. Até a lanterna lembra a do Fusion. Na dianteira, deverá ter a nova estrutura da Toyota, com os faróis finos e grade maior, conversando com as entradas de ar no para-choque dianteiro. Rodas de, aparentemente 18", estão no pacote do Camry "jovial".

O Camry, como acontece com os novos lançamentos, deve ficar maior e mais leve, com a adoção de metais leves em sua estrutura e que permitem maior rigidez de carroceria. Mecanicamente, terá motor 2.5 aspirado, com 4 cilindros, e um 2.0 turbo, e há expectativa sobre a continuação do V6 e de um conjunto híbrido. Ele é cotado como uma das estrelas do Salão de Detroit, em janeiro do ano que vem, com vendas no fim de 2017, como modelo 2018. 

Fotos: Divulgação (teaser) e Motor1 (flagra)

Flagra - Toyota Camry 2018