Montagem começa no segundo semestre de 2019 e deve gerar 200 novos empregos

Em reunião realizada nesta terça-feira (29) em Brasília com o presidente Michel Temer, o presidente da Toyota para a América Latina, Steve St. Angelo, confirmou o investimento de R$ 600 milhões nas operações brasileiras da marca. O montante será direcionado à fábrica de Porto Feliz (SP) e custeará a nacionalização dos motores do Corolla.

A montagem será iniciada no segundo semestre de 2019 e prevê a geração de pelo menos 200 novos empregos. A meta é produzir anualmente 66 mil unidades dos motores do sedã, além dos 108 mil propulsores 1.3 e 1.5 que já são feitos por ano para a família Etios. Dessa forma, a capacidade de produção da planta saltará para 174 mil exemplares/ano.

Vale lembrar que em Porto Feliz são fabricados apenas motores. As plantas de Indaiatuba e Sorocaba, ambas também em São Paulo, é que são responsáveis pela produção dos carros - Corolla e linha Etios, respectivamente. 

Toyota Corolla Dynamic 2017