Nem só o novo Compass e o Kicks que tiveram suas estreias globais no Brasil. Confira!

Mesmo em um ano difícil para o mercado local, o Brasil foi palco de lançamentos que chamaram a atenção do mundo. Durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a Nissan apresentou o Kicks, seu novo SUV compacto que será vendido em 80 países. Mais recentemente, foi a vez da Jeep colocar as rodas da nova geração do Compass em solo nacional antes do restante do mundo. Mas a primazia do Brasil em lançamentos já aconteceu outras vezes, como contamos a seguir: 

 

Chevrolet Meriva
Chevrolet Meriva

 

Chevrolet Meriva

A "minivan do Corsa" é coisa nossa. Se em algum lugar você viu que a Meriva é fruto da Opel, saiba que a primeira geração nasceu no Brasil, com parceria alemã, e chegou na Europa no mesmo ano. Tinha como atração o amplo espaço e o banco traseiro que podia ser configurado para dois ocupantes com maior conforto, rebatendo-se a parte central. Na Europa, o modelo vive até hoje em geração bem mais avançada do que conhecemos - até com portas traseira do tipo "suicida". Aqui, foi lançada em 2002 e sobreviveu até 2012, quando foi substituída, assim como a Zafira, pela Spin. 

 

Fiat Toro
Fiat Toro

 

Fiat Toro

Projeto brasileiro, a Toro é construída sobre a plataforma do Jeep Renegade e do Compass. Com a sua proposta de ser um meio termo entre as picapes pequenas e médias, despertou a curiosidade do restante do mundo. Até os Estados Unidos, terra das gigantes, já testam a picape por lá. Seria uma boa forma da marca italiana vender algo além de 500 e 124 Spider naquele país. Fora isso, já foi para a Argentina e em breve também deverá debutar no México. 

 

Fiat Strada
Fiat Strada

 

Fiat Strada

A irmã menor da Toro é vendida no México sob os braços da Ram, divisão de picapes da FCA. É batizada de 750 e divide as lojas com os imensos modelos da marca. Na Itália, mantém o nome e bandeira Fiat, e em ambos os casos é vendida na versão Adventure com motor 1.6 E-Torq.

 

Ford EcoSport
Ford EcoSport

 

Ford EcoSport

A Ford se orgulha de ter sido a primeira a lançar um SUV compacto, surgido no Brasil em 2003. Fez muito sucesso, mas ficou apenas na América do Sul. Em 2014, já na segunda geração, o EcoSport começou a ser fabricado na Europa. Sofreu críticas em relação ao acabamento e qualidade de construção, sendo levemente modificado. Agora, de olho no sucesso do segmento, a Ford dos Estados Unidos resolveu finalmente vendê-lo por lá. Em versão reestilizada e sem estepe na traseira, foi apresentado no Salão de Los Angeles, e será lançado nos EUA em 2018 para enfrentar o Chevrolet Trax (nosso Tracker).

 

Ford Ka
Ford Ka

 

Ford Ka

O Ka nasceu como um subcompacto para a Europa e, na segunda geração, foi construído sobre a plataforma do Fiat 500 sem grande sucesso comercial até que foi descontinuado. No Brasil, a primeira geração sofreu uma grande reestilização em 2007 e ficou maior na parte traseira. Mas em 2014 ele mudou radicalmente. Ganhou a base do New Fiesta e carroceria mais parruda e com quatro portas para concorrer com o Hyundai HB20 e o Chevrolet Onix - deixando o Fiesta subir de patamar. Agora, o "nosso" Ka chega ao mercado europeu como Ka+, mesmo nome que atribuímos para o inédito Ka sedã, como modelo de entrada da Ford.

Jeep Compass
Jeep Compass

 

Jeep Compass

A primeira geração do Compass teve uma atuação um tanto apagada no Brasil. Mas agora na segunda encarnação ele nasce sobre a base do Renegade e tem tudo para fazer sucesso por aqui - tanto que o Brasil foi palco da estreia global e o primeiro lugar a produzi-lo no mundo. Terá ao todo 17 opções de powertrain, se somados todos os mercados onde será vendido. No Brasil, é oferecido com motor 2.0 Flex e 2.0 Turbodiesel. Nos EUA, será movido pelo 2.4 gasolina que a Fiat utiliza na Toro (aqui em versão flex). 

Nissan Kicks
Nissan Kicks

 

Nissan Kicks

A Nissan aproveitou as Olimpíadas do Rio para lançar oficialmente o Kicks. Arma da marca para o segmento SUVs compactos, ele traz adiantou muito do que foi visto no March de nova geração, apresentado como novo Micra no Salão de Paris. Na China, o Kicks terá motor 1.2 turbo, enquanto o Brasil fica com o 1.6 aspirado de 114 cv.

 

VW Voyage/Fox
VW Voyage/Fox

 

Volkswagen Voyage/Parati

Nos anos 1980 e começo dos 1990, a Volkswagen exportou os nossos Voyage e Parati para os Estados Unidos. Com o nome Fox, eles foram modificados para se enquadrar nas leis locais, como reforços estruturais e itens de segurança. O grande diferencial estético estava na dianteira, com grade e faróis exclusivos. 

 

VW Fox
VW Fox

 

Volkswagen Fox

Em 2003, a VW do Brasil lançava um novo tipo de compacto: era o Fox, com seu teto elevado e posição de dirigir mais alta, privilegiando o espaço interno - tinha até banco traseiro corrediço. Usava a plataforma PQ24 do Polo, mas era mais simples e barato. A VW europeia então achou interessante oferecê-lo por lá como modelo de entrada da marca, mas as vendas nunca foram satisfatórias e a marca logo desistiu da ideia.  

Fotos: Divulgação e Arquivo Motor1 BR

Os modelos que saíram do Brasil para o mundo