Modificações necessárias para vender o compacto na região o tornariam muito caro

A Renault pôs fim à uma série de rumores divulgados há meses e definiu que o compacto Kwid não será vendido na Europa. A informação foi confirmada pelo o diretor de vendas da Dacia, François Mariotte, que enumerou especialmente dois motivos para justificar a ausência do modelo na região. 

 

Renault Kwid Outsider Concept

 

Para o executivo, vender o carro no mercado europeu demandaria uma série de modificações de segurança que o tornariam muito caro e, portanto, comercialmente inviável. Além disso, poderia haver uma desnecessária competição interna com os modelos que a Dacia já vende no continente, incluindo Logan e Sandero.

A ideia da marca romena era comercializar um veículo acessível com preço inferior a 5 mil euros, e todas as especulações apontavam para o Kwid. Na ponta do lápis, porém, as contas não fecharam e o projeto foi arquivado.

Renault Kwid Outsider Concept - Brasil