Sedã compacto ganhou nova dianteira e tela multimídia, mas longe daqui

2017 Citroen c-Elysée

Embora nunca tenha sido confirmado oficialmente para o Brasil, o Citroën C-Elysée despertou muita expectativa por aqui na época de seu lançamento, em 2012. Criado para mercados emergentes e fabricado sobre a plataforma PF1, a mesma dos Citroën C3 e Aircross, assim como do Peugeot 208 e do 2008, o sedã agora passa por sua primeira reestilização, que chegará ao mercado europeu no primeiro trimestre de 2017. Como é costume na PSA, a Peugeot também tem sua versão do modelo, chamada de 301. Na Europa, eles são chamados de os "Logan da PSA", mas a Citroën não quis arriscar por aqui. Na época, seus executivos brasileiros diziam que o modelo poderia afetar a imagem de sofisticação da marca.

Externamente, a atualização trouxe novos para-choques (mais agressivos), grade frontal maior e integrada com os faróis redesenhados, que por sua vez recebem LEDs diurnos. Na traseira, a novidade são as lanternas com aparência mais moderna e luzes com "efeito 3D".

2017 Citroen c-Elysée
 

O interior mantém o aspecto simples e agradável, agora com novas opções de cores no acabamento e uma importante atualização no console central, que enfim recebe uma tela multimídia de 7" com Bluetooth, espelhamento com smarphones, sistema de navegação e câmera de ré.

Com mais de 400.000 unidades vendidas ao redor do mundo, o C-Elysée, que é feito na Espanha, seria uma tremenda adição à fábrica da PSA em Porto Real (RJ). Se não ele, pelo menos o Peugeot 301. Afinal de contas, foram o Logan e o Sandero que salvaram a operação da Renault no Brasil. Com a Dongfeng como sócia, talvez a PSA repense sua estratégia por aqui. Os sedãs compactos, bem espaçosos, seriam uma ótima oportunidade para brigar no segmento onde estão modelos como Renault Logan, Chevrolet Cobalt, Nissan Versa e Toyota Etios, entre outros.

2017 Citroen c-Elysée
 

Sedã compacto praticamente com dimensões de carro médio, o C-Elysée mede 4,43 metros de comprimento, 1,70 m de largura, 1,47 de altura e tem distância entre-eixos de 2,65 m. O porta malas possui 506 litros de capacidade. Sob o capô, estão disponíveis os propulsores 1.2 PureTech de 82 cv e 100 cv e o diesel BlueHDI, ambos associados ao câmbio manual de cinco marchas (diesel de 93 cv e a 1.6 a gasolina de 115 cv também estão disponíveis, dependendo do mercado).

Fotos: divulgação

2017 Citroen C-Elysée