Estreia mundial da mudança aconteceu no Salão de Los Angeles, contrariando a expectativa de uma revelação no Salão do Automóvel

Ford EcoSport reestilizado 2018

Foi-se o tempo em que as novidades relacionadas ao Ford EcoSport chegavam primeiro ao mercado onde ele nasceu. De olho no público norte-americano, a Ford deixou de mostrar a reestilização da segunda geração no Salão de São Paulo para exibi-la agora de madrugada em uma antecipação do Salão de Los Angeles, nos EUA. Além da cara nova, o SUV também perdeu o estepe na traseira, algo que ainda é dúvida no Brasil - os protótipos em teste por aqui ainda tinham o estepe externo.

Ford EcoSport reestilizado 2018

Se você pensa que é o Brasil que fornecerá aos EUA o SUV compacto, também não será bem assim. A primeira informação disponível era de que ele seria exportado para o mercado americano a partir da Romênia, que deve começar a fabricá-lo em 2017 para suprir o mercado europeu no lugar da Índia. Mas a Ford confirmou que ele sairá mesmo de Chennai, o que tornará o EcoSport o primeiro carro indiano colocado à venda nos EUA. Para o consumidor americano, a Ford adotou o slogan "Go Small, Live Big" (algo como "Vá Pequeno, Viva Grande". O EcoSport será o menor crossover da Ford nos Estados Unidos, se posicionando abaixo do Escape (derivado do Focus).

Ford EcoSport reestilizado 2018

As maiores mudanças no EcoSport estão na dianteira. A grade subiu, ficando agora entre os faróis. As duas aletas continuam presentes, mas há aberturas maiores na treliça por trás delas. O formato dos faróis também foi alterado, assim como o dos faróis de neblina, maiores e instalados em posição mais alta. A placa agora ocupa o espaço sob a grade, em uma grande barra entre ela e o que parece ser um "peito de aço" estilizado.

Ford EcoSport reestilizado 2018

Como não há estepe na traseira, a exemplo do EcoSport já vendido na Europa, a placa fica bem próxima das lanternas, que não mudaram de formato. O puxador da tampa traseira continua disfarçado na lanterna direita.

Ford EcoSport reestilizado 2018

Por dentro, a melhora é bem mais significativa. E ela se faz notar com o novo sistema multimídia Sync 3 com tela de 8" "flutuante", compatível com Apple CarPlay e Android Auto. As saídas de ar centrais agora ficam sob a tela e acima dos comandos do ar-condicionado. Antes, elas ficavam uma de cada lado dos comandos do Sync. O volante veio do Focus, com comandos do controlador de velocidade do lado esquerdo. O controle dos retrovisores saiu do puxador da maçaneta da porta do motorista e foi para o apoio de braço, pouco acima dos comandos dos vidros elétricos. No geral, as linhas estão mais retilíneas e elegantes, enquanto o acabamento parece bem mais esmerado.

Ford EcoSport reestilizado 2018

Sem o estepe pendurado na traseira, e tomando o modelo europeu como referência, o novo EcoSport fica com 4,02 m de comprimento, em vez dos 4,24 m do atualmente vendido no Brasil. As demais medidas devem continuar as mesmas: 1,70 m de altura, 1,77 m de largura e um entre-eixos de 2,52 m. O porta-malas é de 362 litros.

Ford EcoSport reestilizado 2018

Nos EUA, o EcoSport só será oferecido com o motor 1.0 EcoBoost, na versão com tração dianteira, e com o motor 2.0 Duratec na com tração nas quatro rodas. Ambos com uma transmissão automática de seis marchas. Aparentemente, o novo EcoSport deu adeus ao câmbio PowerShift. No Brasil, ele vai estrear o 1.5 de 3 cilindros da nova família de motores Dragon. Sem turbo, por enquanto.

Ford EcoSport reestilizado 2018

Os americanos terão dez opções de cores em quatro versões: S, SE, SES e Titanium. E o carro só começa a ser entregue em 2018. Segundo a Ford, o EcoSport será o primeiro carro lançado pelo Snapchat. Detalhe desimportante se ele conseguir se manter competitivo diante de uma concorrência cada vez mais agressiva.

Fotos: divulgação

Ford EcoSport reestilizado 2018