Modelo é o primeiro híbrido do segmento que pode ser recarregado na tomada

Após apresentar o novo Panamera ao público do Salão do Automóvel, a Porsche anunciou a chegada da Cayenne S E-Hybrid. Versão híbrida plug-in do modelo mais vendido da marca por aqui, o SUV já está disponível pelo preço inicial de R$ 432 mil.

O Cayenne S E-Hybrid é o primeiro híbrido do segmento que pode ser recarregado na tomada e possui modo de condução 100% elétrico, com autonomia de 36 km nesta condição. O consumo médio é de 12 km/l, com emissões de CO2 de 109 g/km, o que garantiu o selo CONPET do Inmetro na condição de veículo mais eficiente do segmento.

 

Salão do Automóvel: Porsche Cayenne estreia versão híbrida no Brasil por R$ 432 mil

 

O tempo de recarga varia entre 5 e 10 horas, dependendo da potência selecionada no carregador. Como opcional, o carregador de 7,2 kW pode ser usado com o plug industrial, fazendo o tempo de recarga cair para cerca de 1,1 hora.

O conjunto propulsor é formado pelo motor a combustão V6 turbo de 333 cv associado ao elétrico, de potência equivalente a 95 cv. No modo híbrido, a potência combinada é 416 cv e o torque máximo, de 60,1 kgfm. A transmissão é uma caixa Tiptronic S de oito velocidades.

 

Salão do Automóvel: Porsche Cayenne estreia versão híbrida no Brasil por R$ 432 mil

 

Com os dois motores ativos, o Cayenne S E-Hybrid acelera de 0 a 100 km/h em 5,9 segundos e alcança velocidade máxima de 243 km/h (no modo 100% elétrico a máxima é de 125 km/h). “Poder apresentar ao nosso público os últimos lançamentos da marca em um evento com esta grandiosidade foi importante para nós. Dois grandes lançamentos foram exibidos, o Panamera completamente novo e o Cayenne S E-Hybrid, ambos os modelos do Panamera e o Cayenne S E-Hybrid já estão disponíveis para vendas no Brasil.”, disse Matthias Brück, diretor-presidente da Porsche Brasil.

 

Salão do Automóvel: Porsche Cayenne estreia versão híbrida no Brasil por R$ 432 mil

 

Além do lançamento dos novos Panamera e Cayenee S E-Hybrid, a Porsche também trouxe para o Salão o novo 718 Cayman, cupê de dois lugares da marca.

O modelo compartilha a motorização com o 718 Boxster (com um motor boxer de 4 cilindros turbinado de 2 litros na versão de entrada e um com as mesmas configurações, mas de 2,5 litros, na versão S) e passa a ser o modelo mais barato do portfólio, com preço inicial de R$ 349 mil.

Fotos: Donizetti Castilho

Salão do Automóvel: Porsche Cayenne estreia versão híbrida no Brasil por R$ 432 mil

Foto de: Julio Cesar