Volkswagen proíbe funcionários de jogar Pokémon Go na fábrica

A Volkswagen anuncia nesta semana na Alemanha a proibição do jogo Pokémon Go na fábrica de Wolfsburg, uma das maiores da empresa. Em comunicado enviado a mais de 70 mil funcionários, a marca alerta para os riscos de acidentes de trabalho causados pela distração e determina que o aplicativo não seja usado. Além disso, há preocupação com a segurança da própria empresa, tendo em vista que a ativação da geolocalização no jogo permite a terceiros conhecer a posição atual do usuário. "As condições de uso permitem ao responsável do aplicativo compartilhar toda a informação do usuário com terceiros, o que afeta seriamente a proteção de dados, e o compartilhamento de fotos e vídeos constitui um perigo em termos de confidencialidade", diz a Volks. “Quase todo mundo joga aqui. Eu mesmo capturei três Pokémons ontem na linha de montagem. O trabalho não foi afetado por isso, mas em geral os chefes ficam com a razão”, afirmou ao jornal Bild um funcionário da firma. Febre mundial, o Pokémon Go foi desenvolvido no Japão e usa realidade aumentada em conjunto com as funções de GPS para "trazer à realidade" os pequenos monstros do desenho animado da década de 1990. Está disponível para smartphones das plataformas iOS e Android. Fotos: Divulgação 

Volkswagen proíbe funcionários de jogar Pokémon Go na fábrica

Foto de: Dyogo Fagundes