Motos flex superam 5 milhões de unidades vendidas no Brasil em sete anos

Lançada no mercado brasileiro em março de 2009, a tecnologia bicombustível para motocicletas já está presente em mais de 5 milhões de unidades. O feito histórico foi alcançado em um momento complicado para o setor duas rodas, mas confirma a consolidação do sistema junto aos consumidores. A desbravadora deste nicho foi a Honda, com a CG 150 Titan Mix há sete anos, e o lançamento mais recente foi a Factor 125i, da Yamaha. As duas empresas são as únicas a explorar a tecnologia no Brasil.
Motos flex superam 5 milhões de unidades vendidas no Brasil em sete anos
No caso da Honda, há nove opções diferentes em produção, enquanto a Yamaha, por sua vez, fabrica sete. Em ambas, os modelos possuem motores com capacidade cúbica entre 125 e 300 cc e potências que vão de 9,2 e 25,6 cavalos, sempre com um único cilindro. Atualmente, a participação de motos flex no mix total de vendas é de 60% - bem mais que os modestos 7,5% alcançados em 2009, quando a tecnologia foi lançada. Fotos: Divulgação 

Motos flex superam 5 milhões de unidades vendidas no Brasil em sete anos

Foto de: Dyogo Fagundes