Toyota Supra: próxima geração deve conciliar sistema híbrido com motor BMW

Considerado um dos lançamentos mais aguardados pelos entusiastas da Toyota, a nova geração do Supra deve mesmo contar com motorização híbrida. Fruto de uma parceria firmada com a BMW (que terá uma versão própria do projeto), o modelo irá conciliar um motor a combustão de origem alemã com um sistema híbrido de última geração da gigante japonesa. O propulsor convencional será responsável por tracionar as rodas traseiras, enquanto dois blocos elétricos darão força às rodas da frente.
Toyota Supra: próxima geração deve conciliar sistema híbrido com motor BMW
Segundo antecipa a revista AutoExpress, a versão Toyota do projeto será maior que o equivalente da BMW. A ideia é fazer o carro com uma distância entre-eixos ligeiramente mais longa, de modo a abrir uma certa distância em relação do GT 86, posicionado como esportivo de entrada. O visual terá diversos elementos inspirados no conceito FT-1 (fotos), com destaque para dianteira com capô longo e traseira com proporções mais curtas.
Toyota Supra: próxima geração deve conciliar sistema híbrido com motor BMW
O modelo da BMW deve seguir a mesma tendência, mas sempre com visual exclusivo. O batismo Z5 vem sendo bastante especulado, mas ainda não há confirmação. Nos dois casos, o lançamento está programado para meados de 2017 ou, no máximo, 2018. Fotos: Divulgação

Toyota Supra: próxima geração deve conciliar sistema híbrido com motor BMW

Foto de: Dyogo Fagundes