Paris: crossover autônomo e AMG GT Roadster são destaques da Mercedes

O Generation EQ é uma leitura do que a Mercedes-Benz espera para o futuro. Ele é conectado, autônomo, elétrico e compartilhável, como todas as tendências de novos lançamentos estão levando. Mais do que chamar a atenção para o estande da marca no Salão de Paris, ele adianta o que podemos esperar para os próximos anos.
Paris: crossover autônomo e AMG GT Roadster são destaques da Mercedes
Sua plataforma foi desenvolvida especificamente para veículos elétricos. Com um projeto modular, a acomodação de baterias e motores elétricos privilegia a distribuição de peso e aproveitamento de espaço. Por dentro, uma tela de 24" ocupa o espaço do painel como fonte de informações e controle do carro, e os bancos são individuais, com falantes e telas individuais, para um melhor aproveitamento de espaço. O desempenho do Generation é destaque. São 71,4 kgfm de torque aliado a uma autonomia de 500 km e tração integral. O visual é como todo conceito, futurista, mas mistura elementos de SUV com station wagon.
Paris: crossover autônomo e AMG GT Roadster são destaques da Mercedes
Outra novidade esperada da Mercedes era o AMG GT Roadster. Ele oferece as mesmas emoções da versão coupé com as sensações dos cabelos ao vento. O motor é o mesmo V8 4.0 biturbo com 482 cv e 564 cv, dependendo da versão. Com Daniel Messeder, de Paris (fotos EQ) Viagem a convite da Anfavea

Paris: crossover autônomo e AMG GT Roadster são destaques da Mercedes

Foto de: Redação