Sedãs médios: Corolla vende quatro vezes mais do que Civic em abril

Quatro Corollas para cada Civic vendido. Este foi o resultado avassalador do campeão de vendas entre os sedãs médios em abril. Com quase 60% de participação de mercado, o Toyota conquistou a preferência de 5.825 consumidores e foi um dos poucos a crescer em relação a 2015 (+1,1%). À espera da nova geração, prevista para o segundo semestre, o modelo da Honda manteve uma confortável segunda posição, com 1.411 unidades, embora este número seja quase 50% inferior ao do ano passado.
Sedãs médios: Corolla vende quatro vezes mais do que Civic em abril
Com recuo similar, o Chevrolet Cruze, quarto em março, subiu uma posição ao derrotar o VW Jetta por apenas cinco unidades (592 x 587). O Renaullt Fluence (478), oitavo no último ranking, voltou ao top 5 ao crescer quase 32% de um mês para o outro.
Sedãs médios: Corolla vende quatro vezes mais do que Civic em abril
Após registrar em março o seu melhor desempenho em doze meses, o Sentra viveu uma situação oposta em abril: com apenas 398 emplacamentos, o mexicano – cuja renovada linha 2017 chegará às concessionárias nas próximas semanas – amargou seu pior desempenho desde setembro de 2013 (247).
Sedãs médios: Corolla vende quatro vezes mais do que Civic em abril
Recuando uma posição, o Citroën C4 Lounge venceu a disputa pelo sétimo lugar contra o Focus Fastback por apenas 13 unidades (354 x 341), embora a queda do modelo da Ford tenha superado os 63% em um ano. Por apenas uma unidades, o Fiat Linea (135) deixou para o Kia Cerato (134) a última posição do top 10.
Sedãs médios: Corolla vende quatro vezes mais do que Civic em abril
Com importação oficialmente cancelada para o Brasil, o Geely EC7 foi o lanterna da lista, com apenas seis emplacamentos, um a menos do que o JAC J5 (7), campeão de crescimento sobre o ano anterior (+133%).
Sedãs médios: Corolla vende quatro vezes mais do que Civic em abril
Sedãs médios: Corolla vende quatro vezes mais do que Civic em abril
Fonte: Fenabrave

Sedãs médios: Corolla vende quatro vezes mais do que Civic em abril

Foto de: Thiago Parísio