Motorista do Uber processa Snapchat e acusa aplicativo de causar acidente

O aplicativo de fotos e vídeos Snapchat está sendo processado nos Estados Unidos sob acusação de ter sido causador de um acidente de trânsito. Conforme explica o jornal The Washington Post, a adolescente Christal McGee, de 18 anos, dirigia a Mercedes de seus pais em Atlanta, na Geórgia, quando resolveu testar o limite de velocidade do carro usando um dos filtros do app. A garota se empolgou além da conta e chegou a alcançar 180 km/h em uma via que permitia no máximo 88 km/h.
Motorista do Uber processa Snapchat e acusa aplicativo de causar acidente
Como resultado da imprudência, McGee atingiu em cheio o motorista do Uber Maynard Wentworth, que sofreu uma lesão cerebral traumática e ficou impossibilitado de trabalhar. A adolescente também saiu ferida do acidente e, ironicamente, usou o próprio aplicativo para fotografar o rosto ferido e o atendimento médico recebido, publicando fotos com a legenda "sorte em estar viva".
Motorista do Uber processa Snapchat e acusa aplicativo de causar acidente
Além de processar a garota, Wentworth entrou com uma ação com o Snapchat alegando que o aplicativo é corresponsável por possuir um recurso que teoricamente estimula os usuários a se colocar em situação de risco. Por outro lado, a empresa responsável pelo app alega que desencoraja o uso o dispositivo enquanto se dirige e inclusive projeta automaticamente uma menagem de alerta no próprio filtro de velocidade.

Motorista do Uber processa Snapchat e acusa aplicativo de causar acidente

Foto de: Dyogo Fagundes