Cotada para o Brasil, Honda Ridgeline 2017 é a mais econômica do segmento

Maior investida da Honda no segmento de picapes até hoje, a nova geração da Ridgeline surpreendeu nos testes de consumo nos Estados Unidos. Conforme anunciado nesta semana pela marca, o modelo alcançou médias suficientes para se tornar o mais econômico da categoria com motor a gasolina, à frente de Toyota Tacoma, Chevrolet Colorado e GMC Canyon (estas últimas primas da nossa S10). Os números apontam 8 km/l na cidade e 11 km/l na estrada, com média de 9,3 km/l.
Cotada para o Brasil, Honda Ridgeline 2017 é a mais econômica do segmento
Quando a picape é equipada com tração integral AWD, os valores caem para 7,6 km/l e 10,6 km/l, respectivamente, com consumo combinado de 8,9 km/l. O motor em questão é um 3.5 V6 EarthDreams ligado sempre a uma caixa automática de seis velocidades. Apesar de são serem números animadores para os padrões brasileiros, a geração passada da picape não fazia mais que 6,3 km/l e 8,9 km/l nas mesmas condições cidade/estrada, nesta ordem.
Cotada para o Brasil, Honda Ridgeline 2017 é a mais econômica do segmento
Equipadas com motorizações semelhantes, as rivais têm índices inferiores. A Toyota Tacoma, por exemplo, não faz mais que 7,6 km/l e 9,7 km/l também com motor 3.5 V6, enquanto a dupla Colorado/Canyon só alcança 7,2 km/ e 10,2 km/ com motor 3.6 V6. Vale lembrar que a Ridgeline se difere das rivais pela construção do tipo monobloco (como a Fiat Toro), contra o tradicional sistema carroceria sobre chassi.
Cotada para o Brasil, Honda Ridgeline 2017 é a mais econômica do segmento
Cotada para o Brasil Apesar de descartada na geração passada, a Ridgeline vem sendo bastante especulada para o Brasil nesta nova linhagem. Completamente repaginada e com visual mais tradicional, toma como base a plataforma do SUV Pilot e traz trunfos como dirigibilidade próxima de carros de passeio e até um sistema de som integrado à caçamba. Seria uma rival de peso para a Toro, apesar de ligeiramente maior e, por consequência, mais cara. Leia também: Honda Ridgeline mantém monobloco, mas estreia visual “normal”
Cotada para o Brasil, Honda Ridgeline 2017 é a mais econômica do segmento

Cotada para o Brasil, Honda Ridgeline 2017 é a mais econômica do segmento

Foto de: Dyogo Fagundes