Novo Cruze: sindicato "estraga" surpresa e revela início de produção na Argentina

Bastante aguardada no Brasil, a nova geração do Chevrolet Cruze já tem data para começar a ser produzida na América do Sul. O Smata (Sindicato de Mecánicos y Afines del Transporte Automotor) revelou que o novo Cruze começa a ser feito em fevereiro, quando os trabalhadores da GM Argentina retornam do recesso.
Novo Cruze: sindicato "estraga" surpresa e revela início de produção na Argentina
A planta da General Motors na Argentina está localizada em Alvear, Santa Fe, onde trabalham 2.350 funcionários. Em declarações a rádio LT8, em Rosário, o sindicalista Marcelo Barros explicou: "A partir de janeiro, todo o pessoal da fábrica entra de férias, e em fevereiro começa a produção do modelo do Projeto Fénix, a segunda geração do Chevrolet Cruze, que será exportado para o Brasil e outros mercados".
Novo Cruze: sindicato "estraga" surpresa e revela início de produção na Argentina
Com plataforma e visual completamente reformulados, o novo Cruze ficou mais espaçoso (2,70 metros de entre-eixos). Mais tecnológico, virá com freio de estacionamento eletrônico, terceira geração do MyLink com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay, além de uma nova tela sensível ao toque de 8" nas versões de topo.
Novo Cruze: sindicato "estraga" surpresa e revela início de produção na Argentina
Outro destaque será o conjunto mecânico, que terá como principal novidade o motor 1.4 turbo (provavelmente flex), potência em torno de 155 cv e torque máximo de 25,0 kgfm. Também inédito no modelo, será o câmbio automatizado de dupla embreagem e sete velocidades.
Novo Cruze: sindicato "estraga" surpresa e revela início de produção na Argentina
Brasil Conforme antecipamos, a produção em série do modelo deve começar entre abril e maio, com grandes possibilidades de lançamento por aqui em meados de 2016, já como modelo 2017.

Novo Cruze: sindicato "estraga" surpresa e revela início de produção na Argentina

Foto de: Redação