Mercedes bate BMW e volta à liderança global do mercado premium

Com a meta de retomar a liderança global entre as marcas premium apenas em 2020, a Mercedes-Benz pode ver seu objetivo antecipado já para este ano. Com 163.770 veículos vendidos em julho, a marca cresceu 9,4% sobre 2015 e retomou a primeira posição perdida para a rival BMW no mês anterior.
Mercedes bate BMW e volta à liderança global do mercado premium
A marca de Munique, por sua vez, fechou o mês passado com 153.393 unidades, uma alta de 4% sobre o mês anterior. Repetindo a terceira posição dos últimos rankings, a Audi (149.400) registrou um crescimento bem mais modesto (+2,3%).
Mercedes bate BMW e volta à liderança global do mercado premium
O Classe E foi o grande destaque da Mercedes no mês passado, mas a linha de SUVs da marca, com 56.297 unidades vendidas, capitaneou o ótimo desempenho da empresa graças a uma alta de 43,6% em relação a 2015.
Mercedes bate BMW e volta à liderança global do mercado premium
Top de linha da BMW, o Série 7 conquistou a preferência de mais de cinco mil consumidores, crescimento superior a 100% sobre o ano anterior – desde o início do ano, o modelo já superou 30 mil unidades vendidas, 40% acima do registrado nos sete primeiros meses de 2015.
Mercedes bate BMW e volta à liderança global do mercado premium
Na Audi, o carro-chefe foi o A4 (30.450), cujas vendas avançaram 14,9% no período. Na China, onde a marca é a líder entre as premium, os SUVs Q3, Q5 e Q7 registraram alta de 20,5%.
Mercedes bate BMW e volta à liderança global do mercado premium
No acumulado do ano, a vantagem da Mercedes aumentou: única a crescer na casa dos dois dígitos (+11,4%), a marca emplacou 1.170.389 unidades, vantagem superior a 30 mil unidades em relação à BMW (1.139.947, +5,6%) e de quase 70 mil sobre a Audi (1.102.650, +5,2%). Fontes: BMW Group / Daimler AG / Volkswagen AG

Mercedes bate BMW e volta à liderança global do mercado premium

Foto de: Thiago Parísio