MV Agusta assume operação brasileira

A MV Agusta anunciou nesta segunda-feira (13) a criação da subsidiária brasileira. A partir de 1º de junho a marca italiana assume a distribuição e o pós-venda no Brasil, com a Dafra permanecendo como montadora das motocicletas MV Agusta. Esta medida faz parte de um movimento global da MV Agusta iniciado no final de 2014 com o fechamento de um acordo inédito de cooperação com a alemã Mercedes-AMG, empresa do Grupo Daimler AG, que alterou a configuração societária da companhia italiana (AMG possui atualmente 25% das ações) e incluiu atividades nas áreas de vendas e marketing.
MV Agusta assume operação brasileira
À frente da subsidiária da MV estará o executivo Vladimir Zaitseff, que possui quase 30 anos de experiência no setor automotivo, com passagens pelas áreas comercial, marketing e pós-venda em empresas como BMW e Honda. Vladimir terá a tarefa de promover no Brasil as reformulações, que já estão em andamento em outras localidades, visando crescimento no médio e longo prazo. “Continuamos com a parceria com a Dafra, que possui grande experiência técnica na montagem e homologação de produtos para o mercado nacional e para nós isso é muito importante, especialmente pelos planos de ampliação de nossa linha de modelos para o mercado brasileiro”, explicou Vladimir em comunicado à imprensa. “Para este novo momento global da MV o Brasil, assim como Estados Unidos e Ásia, são mercados prioritários e certamente trabalharemos para fortalecer ainda mais a presença da marca no País”. Galeria de fotos: MV Agusta F4 RR ABS

MV Agusta assume operação brasileira