Oficial: Mercedes e Renault-Nissan se unem para fazer picapes na Argentina

A Mercedes-Benz e o grupo Renault-Nissan acabam de oficializar a formação de uma aliança estratégica para construção de picapes na Argentina. Conforme explicam as marcas, a parceria tomará como base a plataforma da nova geração da Frontier para criação de camionetes exclusivas para cada fabricante. Os modelos serão construídos na fábrica da Renault em Santa Isabel ao custo de US$ 600 milhões em investimentos. A produção será iniciada até o fim da década ao ritmo de 70 mil unidades anuais.
Oficial: Mercedes e Renault-Nissan se unem para fazer picapes na Argentina
No caso da Mercedes, a camionete terá posicionamento luxuoso e sem qualquer status de veículo comercial. O visual seguirá as linhas gerais do esboço divulgado, conforme os lançamentos mais recentes da empresa. "Entrar no segmento picapes médias é um passo importante para continuar nosso caminho de crescimento global. Graças à nossa parceria bem estabelecida com a Renault-Nissan, somos capazes de reduzir drasticamente o tempo e o custo para entrar neste segmento-chave", afirmou o chefão Dr. Dieter Zetsche.
Oficial: Mercedes e Renault-Nissan se unem para fazer picapes na Argentina
O modelo da Renault, batizado de Raptur, será menos sofisticado que o da parceira alemã, porém não menos tecnológico. Fontes internas garantem que uma das preocupações da marca é garantir um toque esportivo às linhas da picape e apostar alto em modernidade e conforto no cabine – raciocínio bastante natural levando em conta os novos caminhos que o segmento está tomando. “Tecnologia será o diferencial”, afirma um informante. Estima-se algo em torno de 1.030 quilos de capacidade de carga e 5,32 metros de comprimento.
Oficial: Mercedes e Renault-Nissan se unem para fazer picapes na Argentina
Grande "mãe" do projeto, a Frontier emprestará às parceiras todo o know-how adquirido pela Nissan ao longo de décadas produzindo picapes. Dessa forma, chassi, conjunto de suspensão, sistema de tração 4×4, motores, transmissões… Tudo virá da japonesa. Renovado por completo no ano passado, o modelo já está à venda na Ásia e no México, sendo produzido localmente nas duas regiões. A chegada ao Brasil deve acontecer entre o fim deste ano e o início de 2016.
Oficial: Mercedes e Renault-Nissan se unem para fazer picapes na Argentina
Da fábrica argentina as picapes serão enviadas para toda América do Sul, além de países do Caribe e da porção central do continente. Para abastecer mercados da Europa e da Ásia, as empresas escalaram a fábrica de Barcelona, na Espanha, para produzir os três modelos ao ritmo anual de 120 mil unidades. Galeria: Nissan Frontier

Oficial: Mercedes e Renault-Nissan se unem para fazer picapes na Argentina

Foto de: Dyogo Fagundes