Conheça a mini-cidade criada para testar veículos elétricos e autônomos

Em uma iniciativa inédita, a Universidade de Michigan inaugura a MCity, a primeira cidade do mundo especificamente projetada para testar tecnologias que envolvem veículos elétricos e de condução autônoma. “Nós acreditamos que essa transformação de mobilidade conectada e automatizada será uma virada de jogo para a segurança, a eficiência, energia e acessibilidade,” disse Peter Sweatman, diretor do Centro de Transformação de Mobilidade (CTM) da U-M. Este projeto também destaca a tradição do estado de Michigan em mobilidade avançada, se posicionando como centro global de pesquisa automotiva e desenvolvimento por mais de um século. Hoje, o estado é a casa de 375 centros de pesquisa automotiva, e tem a maior concentração de engenheiros mecânicos e industrial do país.
Conheça a mini-cidade criada para testar veículos elétricos e autônomos
A MCity tem 130 mil m2 de área e foi projetada para servir de base para testes repetíveis de novas tecnologias, antes delas serem testadas no mundo externo, ou seja, em rodovias e vias públicas. Seu objetivo é reproduzir o caos urbano moderno, com pedestres imprevisíveis, engarrafamentos, avenidas e vias rurais, sinais de trânsito, postes, fachadas, calçadas e demais obstáculos. O CTM foi lançado em 2013 e a construção teve início no ano passado. Foram investidos cerca de US$ 10 milhões nas instalações, com financiamento da U-M e do Departamento de Transporte de Michigan. A MCity estará disponível para uso de qualquer organização, mas os parceiros, o corpo docente e estudantes da U-M terão prioridade. Entre os parceiros privados estão as principais empresas da indústria automotiva e fornecedores de automóveis, além das companhias de sinalizações de trânsito, empresas de tráfego, de seguros, telecomunicações, dados, e outras. No setor público, a parceria envolveu os governos federal, estaduais e municipais. Fotos:

Conheça a mini-cidade criada para testar veículos elétricos e autônomos

Foto de: Redação