OAB aciona justiça contra prefeitura de SP por redução da velocidade nas Marginais

OAB aciona justiça contra prefeitura de SP por redução da velocidade nas Marginais
Nesta segunda-feira (20), após a redução da velocidade nas marginais Tietê e Pinheiros, em São Paulo, a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional São Paulo, afirmou que acionará a justiça contra a prefeitura da capital paulista solicitando a suspensão da redução do limite de velocidade. Segundo informações do repórter Tiago Muniz, da rádio Jovem Pan, o conselho da OAB-SP aprovou a iniciativa do presidente do órgão, Marcos da Costa, para que a questão seja levada aos tribunais. Para a entidade, a prefeitura transfere o "ônus da falta de manutenção das vias e de segurança ao cidadão".
OAB aciona justiça contra prefeitura de SP por redução da velocidade nas Marginais
"Entendemos que o problema de segurança não justifica uma redução desse porte nas nossas vias expressas", afirma. De acordo com Costa, a falta de segurança precisa ser combatida com investimentos na via, e não redução da velocidade, de 90 km/h para 70 km/h, e 70 km/h para 50 km/h. "Melhor iluminação, sinalização, cautela em relação ao asfalto e aos circuitos viários das Marginais. A redução vai potencializar a diminuição, mas há outros instrumentos que podem ser adotados sem prejudicar a população."

OAB aciona justiça contra prefeitura de SP por redução da velocidade nas Marginais

Foto de: Redação2