Honda HR-V pode custar até R$ 141,7 mil na Argentina

A Honda anuncia nesta semana na Argentina o lançamento do crossover HR-V. Produzido localmente em Campana, o SUV começa a ser vendido no país vizinho em três versões de acabamento com preços que começam em 300.900 pesos (aproximadamente R$ 102.900 numa conversão direta) no acabamento LX manual e chegam a salgados 413.900 pesos (R$ 141.700) na versão de topo EXL CVT. No meio do caminho fica a configuração LX CVT, que sai por $ 309.900 (R$ 106.100) - o modelo EX não será oferecido por lá.
Honda HR-V pode custar até R$ 141,7 mil na Argentina
Na lista de equipamentos de série, o pacote é basicamente o mesmo do modelo brasileiro. De série, há duplo airbag (quatro no EXL), freios ABS com EBD, sistema de fixação Isofix, controle de estabilidade ESP, freios a disco nas quatro rodas, freio de estacionamento eletrônico, ar-condicionado, rodas aro 17" (no Brasil o LX manual tem calotas), pacote elétrico, sistema brake hold, som com entrada auxiliar e conectividade Bluetooth e MP3, entre outros itens.
Honda HR-V pode custar até R$ 141,7 mil na Argentina
Sob o capô, o motor 1.8 movido sempre a gasolina rende 140 cavalos a 6.500 rpm e 17,8 kgfm de torque a 4.300 giros. O câmbio é manual de seis marchas no LX de entrada, CVT convencional no LX automático e CVT com sete marchas simuladas e borboletas atrás do volante no EXL. A tração é dianteira, mas o lançamento de uma versão AWD não está descartado para o país vizinho.

Honda HR-V pode custar até R$ 141,7 mil na Argentina

Foto de: Dyogo Fagundes