Mirando liderança com Renegade, Jeep triplica rede de concessionárias

"Tem coisas que só acontecem no Brasil", assim abriu a primeira coletiva oficial da Jeep no Brasil o diretor geral da Chrysler Brasil, Sérgio Ferreira. Faz sentido, pois mesmo em meio aos cenários econômico e de mercado turbulentos, a marca faz o maior investimento de sua história no país. E o motivo é simples. O Brasil é o segundo maior mercado da FCA no mundo, e apesar do momento atual, há grande potencial de crescimento no longo prazo. Dos 3,5 milhões previstos para este ano, o Grupo FCA estima que o mercado brasileiro chegará a 8 milhões de unidades por ano em 2034. Na Europa, a Jeep cresceu em fevereiro impressionantes 182,5% (veja matéria sobre o mercado europeu). Agora, com a nova fábrica no Brasil, a marca espera crescer de forma considerável em toda a América Latina.
Mirando liderança com Renegade, Jeep triplica rede de concessionárias
E todo este entusiasmo tem nome: Renegade. A expectativa da marca é que a novidade tenha o mesmo impacto no Brasil que o Grand Cherokee teve quando chegou por aqui. Vale lembrar que naquela época não havia tantos concorrentes como o Renegade terá hoje.
Mirando liderança com Renegade, Jeep triplica rede de concessionárias
Para dar conta do recado, a Jeep quase que triplicou a rede de concessionárias passando de 45 unidades para 120 pontos agora em março, com previsão de atingir 200 pontos até o fim deste ano. Cada concessionária recebeu investimento médio de R$ 2 milhões e juntas geraram 1.500 novos empregos diretos. Destas 120 unidades, 119 possuem centro técnico para revisão e manutenção. Em relação às peças de reposição, como o índice de nacionalização do Renegade é de 80%, a marca garante que já há estoque suficiente para atender o mercado por três meses. A inauguração de todas as unidades será feita no mesmo dia no começo de abril. No entanto, a rede já está recebendo as primeiras unidades do Renegade e as vendas começam a partir do dia 10 de abril.
Mirando liderança com Renegade, Jeep triplica rede de concessionárias
Com lançamento oficial marcado para semana que vem, a Jeep segurou a informação de quantas unidades espera vender do Renegade. Como estimativa preliminar, indicou que há pelo menos 20.000 pessoas que se inscreveram no site do modelo desde janeiro manifestando o interesse pela compra. Apesar de não ser uma reserva, a marca se monstra confiante em conquistar uma grande parcela destes interessados. A rede Jeep possui concessionárias nas seguintes cidades: Anápolis, Aracaju, Atibaia, Barreiras, Barueri, Bauru, Belém, Belo Horizonte, Blumenau, Brasília, Campina Grande, Campinas, Campo Grande, Caxias do Sul, Chapecó, Cuiabá, Curitiba, Dourados, Feira de Santana, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Imperatriz, Indaiatuba, Itajaí, Itu, Itumbiara, João Pessoa, Joinville, Jundiaí, Lages, Limeira, Linhares, Londrina, Macaé, Maceió, Manaus, Marabá, Mossoró, Natal, Niterói, Novo Hamburgo, Parnaíba, Passo Fundo, Pelotas, Piracicaba, Poá, Porto Alegre, Porto Velho, Presidente Prudente, Recife, Ribeirão Preto, Rio Branco, Rio de Janeiro, Rio Verde, Salvador, Santa Maria, Santarém, São Bernardo do Campo, São José, São José do Rio Preto, São José dos Pinhais, São Luís, São Paulo, Serra, Teresina, Uberaba, Uberlândia, Valparaíso de Goiás, Várzea Grande e Vitória.

Fotos: Concessionária Jeep

Mirando liderança com Renegade, Jeep triplica rede de concessionárias

Foto de: Fábio Trindade