Com venda de carros novos em queda, reposição de pneus cresce 16,3%

No ano passado, as montadoras consumiram nada menos do que 14,27 milhões de pneus até o mês de setembro. Com a queda nas vendas de carros novos, este número caiu para 11,28 milhões em 2015. Estes dados, divulgados Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP), mostram a queda 20,9% no setor em relação ao mesmo período de 2014. "A forte queda nas vendas de pneus para as montadoras decorre do baixo crescimento econômico e da escassez de crédito, que refletem negativamente nas vendas do setor automotivo. Além disso, com menos veículos novos na praça, a perspectiva de crescimento do mercado de reposição de pneus também cai no médio prazo", destaca Alberto Mayer, Presidente da ANIP. Já em relação aos pneus de carga, a queda é de 15,7% no volume total de vendas na mesma comparação, com reduções em todos os canais de comercialização: montadoras (-47,3%), mercado de reposição (-1,8%) e exportação (-23,7%).
Com venda de carros novos em queda, reposição de pneus cresce 16,3%
Mayer finaliza: "Quanto mais caminhões nas ruas, maior a riqueza gerada e distribuída e, portanto, maior a utilização dos pneus de carga. O que estamos vendo, no entanto, vai na direção contrária." Reposição cresce Apesar da queda das vendas diretas, o mercado de reposição melhorou o desempenho e cresceu 10,2% entre janeiro e setembro de 2015, em relação ao ano anterior (considerando automóveis e caminhões). O responsável foi o segmento de veículos de passeio, que cresceu 16,3% no período, passando de 16,54 milhões de unidades vendidas em 2014 para 19,24 milhões neste ano. Com a crise e as vendas de carros novos em queda, os consumidores acabam investindo mais na manutenção dos usados, aquecendo o mercado de reposição. Isso também se reflete na produção de pneus, que cresceu 2.7% no acumulado deste ano em relação a 2014, totalizando 53,3 milhões de unidades produzidas no período. Apesar da alta do dólar, as exportações de pneus caíram 8,5% no referido período - foram 9,5 milhões de unidades exportadas em 2014 contra 8,69 milhões este ano.

Com venda de carros novos em queda, reposição de pneus cresce 16,3%

Foto de: Redação