Uber lança nova modalidade de serviço de transporte por moto

Depois de inovar e causar muita polêmica no mundo inteiro com o serviço para carros, a empresa Uber anunciou o lançamento de um serviço de transporte por motocicletas. A cidade escolhida para os testes com esta nova modalidade foi Bangkok, na Tailândia. Ao apresentar a nova modalidade, a empresa justificou o fato de acontecer diariamente mais de 1.500 acidentes envolvendo carros pelas ruas de Bangkok. Esse número de acidentes, de acordo com estudos feitos pela Uber, é mais do que o dobro do que acontecia alguns anos atrás. Com o trânsito caótico, a velocidade média no trânsito é de 16 km/h e chega a até 11 km/h na hora do rush. O reflexo disso é o gasto de cerca de 120 minutos em trajetos diários. Com o objetivo de possibilitar viagens mais curtas e mais baratas, a modalidade UberMOTO funcionará da mesma forma que as outras versões do serviço. Através do aplicativo, o usuário chama um condutor, escolhe a opção moto, e indica os locais de início e fim de corrida e se o método de pagamento será em cartão ou dinheiro. Uma vez que seu pedido for atendido pelo condutor mais próxima, os detalhes como nome, foto e detalhes da motos serão exibidos no aplicativo. O motoqueiro virá com um capacete extra, que é de uso obrigatório.  Em Bangkok, o chamado do usuário inclui uma taxa de valor equivalente a R$ 1,11, seguido de acréscimo de mais R$ 0,39 por quilômetro e outros R$ 0,09 por minuto. O pagamento mínimo e a taxa de cancelamento saem, cada um, por R$ 1,11. Para reforçar a questão da segurança, a empresa fará parcerias com o departamento de trânsito da Tailândia e lançará programas de conscientização e educação sobre o uso de capacete. Parte deste programa inclui a doação de capacetes para estudantes e pessoas da comunidade. Em nota, a empresa destaca que da mesma forma como acontece com uberX ou UberBLACK, esses condutores são submetidos a um extenso processo de triagem, que inclui uma verificação de antecedentes policiais.