Mercedes vai ajudar VW a resolver dieselgate "pelo bem da indústria alemã"

O grupo Daimler (dono das marcas Mercedes-Benz e Smart) confirmou nesta semana em nota que "ajudará" a Volkswagen a lidar com as conseqüências do escândalo da fraude de emissões de motores diesel. Em comunicado, a empresa anunciou que cederá aos quadros da empresa compatriota a executiva Christine Hohmann-Dennhardt, a ser empossada chefe do departamento de Assuntos Legais. Ela assume o posto em janeiro de 2016 e foi cedida "pelo bem da indústria automobilística alemã", disse a Daimler.
Mercedes vai ajudar VW a resolver dieselgate "pelo bem da indústria alemã"
A fraude, conforme já relatado, foi descoberta pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA). Segundo informado, a Volkswagen utilizou softwares manipulados para realizar a medição das emissões de alguns modelos, de modo a violar os padrões ambientais vigentes nos EUA. Especialistas descobriram que o sistema desligava os controles de emissões ao dirigir normalmente e mascarava os resultados reais na hora dos testes. Milhões de veículos das marcas Volkswagen, Audi, Seat e Skoda foram afetados.

Mercedes vai ajudar VW a resolver dieselgate "pelo bem da indústria alemã"

Foto de: Dyogo Fagundes