Denatran deve prorrogar exigência dos extintores ABC pela terceira vez

O Ministério das Cidades confirmou nesta semana que enviou pedido ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para prorrogação do prazo de obrigatoriedade para o uso dos extintores tipo ABC. Se a entidade acatar o pedido, será a terceira mudança seguida de prazo estipulada para o exigência - a última data-limite seria 1º de julho e uma nova ainda será definida. A medida, mais uma vez, foi motivada pela escassez do produto nas lojas.
Denatran deve prorrogar exigência dos extintores ABC pela terceira vez
Os extintores ABC substituem os BC que são capazes de combater apenas chamas causadas por líquidos inflamáveis e equipamentos elétricos (bateria, fiação, etc.). Os novos, por sua vez, são eficazes também para eliminar chamas que se propagam por materiais sólidos, como bancos, tapetes, papel e painéis do carro. O mais antigo tem validade de três anos, com direito a uma recarga, enquanto o novo vale por até cinco anos, sem reabastecimento.
Denatran deve prorrogar exigência dos extintores ABC pela terceira vez
Desde 2009, quando a medida foi anunciada, todos os carros novos saem de fábrica com o extintor ABC. Os modelos mais antigos é que têm de se adequar à nova regra. Conduzir veículo sem equipamento obrigatório é infração grave, com multa de R$ 127,69 e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), conforme define o Código de Trânsito Brasileiro.

Denatran deve prorrogar exigência dos extintores ABC pela terceira vez

Foto de: Dyogo Fagundes