Renault é notificada pelo Global NCAP por propaganda enganosa

Uma propaganda veiculada pela Renault no Uruguai acabou gerando mal-estar entre a companhia francesa e o Global NCAP nesta semana. Conforme explica a imprensa local, a entidade internacional questionou a montadora sobre uma peça publicitária na qual o hatchback Mégane III aparece sendo classificado com nota máxima em segurança. O alerta partiu do fato de a classificação obedecer às normas do Euro NCAP e não às regras do Latin NCAP.
Renault é notificada pelo Global NCAP por propaganda enganosa
Em comunicado emitido ao chefão da Renault, o brasileiro Carlos Ghosn, David Ward, secretário geral do Global NCAP, afirma o seguinte: "As classificações do Euro NCAP não devem ser utilizadas na América Latina, onde nos últimos cinco anos o Programa de Avaliação de Novos Veículos na região (Latin NCAP) vem realizando classificações independentes de segurança”. Para Ward, o anúncio é enganoso e confunde o consumidor uruguaio.
Renault é notificada pelo Global NCAP por propaganda enganosa
Para o secretário, não há como garantir que o Mégane vendido no Uruguai obedece, de fato, às especificações europeias de segurança e a Renault deve tomar medidas para solucionar o caso. Entre elas, Ward cita a retirada o anúncio do ar, a emissão de um pedido de desculpas ao Global NCAP pela falha e a realização de uma avaliação do hatch dentro dos padrões exigidos pelo Latin NCAP.

Renault é notificada pelo Global NCAP por propaganda enganosa

Foto de: Dyogo Fagundes