Executivo da Citroën diz que SUVs-cupês são "coisas extravagantes e perigosas"

Em entrevista concedida recentemente ao site australiano CarAdvice, o executivo-chefe de design da Citroën não foi nada simpático com os chamados SUVs de estilo cupê. Durante a conversa, Frederic Duvernier se referiu a modelos como BMW X6 e Mercedes GLE Coupé como "coisas extravagantes" e "perigosas" do ponto de vista funcional. Segundo o chefão, o design caraterístico marcado por linhas inclinadas reduz o sentido prático do carro e acaba por comprometer diretamente a visibilidade e a segurança.
Executivo da Citroën diz que SUVs-cupês são "coisas extravagantes e perigosas"
Duvernier declarou ainda que está farto de cópias e que muitas marcas precisam se reinventar do ponto de vista estético. Particularmente, disse que profere se concentrar no desenvolvimento de carros que proporcionem conforto, funcionalidade e visibilidade. Para o executivo, a ideia é que seja algo inovador e ao mesmo tempo simples, de modo que até uma criança pequena seja capaz de replicar o design vendo o carro uma única vez. Como exemplo citou o C4 Cactus, que tem feito bastante sucesso.

Executivo da Citroën diz que SUVs-cupês são "coisas extravagantes e perigosas"

Foto de: Dyogo Fagundes