VW Jetta GLI 2016, o "Golf GTI sedã", ganha visual mais esportivo nos EUA

A Volkswagen apresenta nesta semana nos Estados Unidos novidades para a linha 2016 do Jetta, com atenção especial para a versão GLI. Considerado a "variante sedã do Golf GTI" e equivalente ao TSI vendido no Brasil (porém com visual mais dinâmico e apimentado), o modelo incorpora as atualizações visuais sofridas pelas configurações convencionais. Por fora, são novos os para-choques, o desenho das rodas de 18 polegadas, o formato grade dianteira, o desenho interno das lanternas e as lentes dos faróis. Completam o pacote saída dupla de escape com acabamento cromado, novo difusor traseiro e suportes aerodinâmicos revisados.
VW Jetta GLI 2016, o "Golf GTI sedã", ganha visual mais esportivo nos EUA
Entre os principais equipamentos, destaque para sistema de partida sem chave, ar condicionado automático de duas zonas, sistema de entretenimento MIB 2, banco do motorista com ajustes elétricos e até seis memórias, câmera de ré, teto solar, sistema de som da Fender e dispositivo Park Distance Control, que ajuda a parar o veículo em caso de acidentes. A versão de topo SEL acrescenta faróis bi-xenon, detector de pontos cegos e sistema Home Link. Sob o capô, marca presença o conhecido motor 2.0 turbo com potência de 211 cavalos e 28,5 kgfm de torque e duas opções de câmbio: automático de seis marchas ou manual de iguais seis velocidades, ao gosto dos mais puristas.

VW Jetta GLI 2016, o "Golf GTI sedã", ganha visual mais esportivo nos EUA

Foto de: Dyogo Fagundes