Sucessor do Linea, Fiat Egea começa a ser produzido na Turquia

A Fiat anuncia nesta semana o início da produção do sedã Egea na Turquia. Sucessor natural do Linea, o modelo é montado em parceria com a empresa local Tofas na fábrica de Bursa, região noroeste do país, com foco neste primeiro momento no abastecimento de mercados do Leste Europeu. Posteriormente a meta é expandir a área de atuação do modelo para o Oriente Médio e a porção norte da África - a chegada ao Brasil também é cogitada, mas apenas via importação.
Sucessor do Linea, Fiat Egea começa a ser produzido na Turquia
Com algo em torno de 4,5 metros de comprimento, o Egea mede 1,78 metros de largura e possui distância entre-eixos de 2,64 metros. A Fiat destaca a boa oferta de espaço interno (o porta-malas acomoda até 510 litros), com porte ligeiramente superior ao do Honda City, por exemplo. Nos mercados da Europa Oriental terá como principais concorrentes os franceses Peugeot 301 e Citroën C-Elysée, além de Skoda Rapid, Volkswagen Polo Sedan e Seat Toledo.
Sucessor do Linea, Fiat Egea começa a ser produzido na Turquia
Sob o capô, a oferta de motores a gasolina inclui blocos 1.4 de 95 cv e 1.6 e.TorQ de 110 cavalos. A diesel as opções são um 1.3 Multijet de 95 cv e um 1.6 também Multijet de 120 cv. O câmbio pode ser manual ou automático, sempre com seis marchas.
Sucessor do Linea, Fiat Egea começa a ser produzido na Turquia

Sucessor do Linea, Fiat Egea começa a ser produzido na Turquia

Foto de: Dyogo Fagundes