Anfavea revisa projeção de produção para 2,5 milhões de unidades em 2015

Os resultados apresentados pela ANFAVEA, em coletiva realizada nesta segunda-feira (08) em São Paulo, não foram nada animadores para o setor automobilístico. No mês de maio, foram licenciadas 212.696 unidades de veículos (inclusive ônibus e caminhões), número que representa uma queda de 27,5% em relação ao mesmo mês de 2014. Considerando os números consolidados de janeiro a maio, a soma é de 1.106.425 veículos licenciados, número que representa queda de 20,9% em relação ao mesmo período de 2014 quando foram licenciados 1.399.356.
Anfavea revisa projeção de produção para 2,5 milhões de unidades em 2015
Com vendas em baixa, não há outra saída paras as montadoras a não ser adequar o nível de produção para os padrões de vendas atuais. Em maio foram produzidas 210.086 unidades, queda de 25,3% em relação a 2014, o que segundo Luiz Moan, presidente da Anfavea, faz a indústria regredir ao mesmo nível de 10 anos atrás. Com o mercado reduzido, a Anfavea diz que as montadoras fecharam o mês de maio com estoque suficiente para 51 dias de vendas, o que explica as interrupções de produção e lay-offs.
Anfavea revisa projeção de produção para 2,5 milhões de unidades em 2015
Já em relação aos empregos, a Anfavea afirma que as montadoras estão utilizando todos os recursos possíveis para evitar demissões. “Há sem dúvida um nível excedente de pessoal em nossas fábricas. Temos um nível de pessoal para o mesmo nível de 2010, mas a expectativa é de que a produção no ano fique no mesmo patamar de 2006. Em nossos levantamentos, o número hoje de profissionais excedentes é de cerca de 25.000”, explica Moan. Mesmo com os lay-offs e férias coletivas, o número de empregos na indústria retraiu 1% em maio, totalizando 138.200 trabalhadores. Na análise de janeiro a maio contra o mesmo período de 2014 (152.284), a redução dos postos de trabalhos é mais expressiva com a retração de 9,2%. Expectativas nada animadoras Com exceção das exportações, que cresceram 3% no último mês a manutenção da projeção de aumento do volume de exportações no ano mantida em 1,1%, algo em torno de 338.000 unidades. Em relação a produção, a Anfavea fez uma nova revisão sobre as projeções de produção de forte impacto. Da expectativa inicial de 3,146 milhões veículos para este ano, a entidade já prevê que o total de unidades produzidas caia para 2,5 milhões de unidades, uma queda bastante expressiva. Em relação às vendas, pela primeira vez se admite que fiquem abaixo de 3 milhões unidades, com projeção de 2,779 milhões, número que representa uma queda de 20,6% em relação à expectativa inicial.

Anfavea revisa projeção de produção para 2,5 milhões de unidades em 2015

Foto de: Fábio Trindade