Reestilizado, VW Passat 2016 é apresentado nos EUA em momento conturbado

A Volkswagen apresentou nesta terça-feira (22) o novo Passat 2016 nos Estados Unidos. Com visual levemente modificado, o sedã da marca alemã passa pela reestilização meia-vida e desanima pelo visual mais parecido com o modelo chinês do que com a elegante versão europeia. Além disso, não foi a melhor hora para o lançamento, considerando o recente escândalo de emissões, onde a marca reconheceu que seus carros a diesel utilizaram um software que mascarava os dados reais de emissões de poluentes. Boa parte da imprensa norte-americana criticou a reestilização, dizendo que a Volkswagen tinha prometido uma "grande reforma" para o Passat mas acabou aplicando só mudanças pontuais (apesar de ser apenas uma reestilização meia-vida) e algumas novidades em termos de tecnologia e equipamentos.
Reestilizado, VW Passat 2016 é apresentado nos EUA em momento conturbado
As principais alterações visuais incluem uma dianteira com novos para-choques, para-lamas e grade frontal, além de faróis com LEDs mais estreitos. Na traseira, as mudanças recaem sobre a tampa do porta-malas, vidro traseiro e novas lanternas também com LEDs. Outra novidade é que o Passat 2016 pode receber como opcional o pacote R-Line. Com visual mais esportivo, a nova versão se caracteriza pelo para-choque dianteiro personalizado com detalhes em preto, saias laterais, difusor traseiro e rodas de liga leve aro 19" com pneus 235/40.
Reestilizado, VW Passat 2016 é apresentado nos EUA em momento conturbado
No interior, há um novo painel de instrumentos, materiais de melhor qualidade, novo volante e mais detalhes de acabamento cromados ou em black piano. O sedã também recebe o novo sistema de entretenimento da VW com Apple CarPlay, Auto Android e MirrorLink, que está disponível com dois tamanhos de tela e ainda possui a função para reconhecer gestos. Todos as versões trazem como itens de série câmera auxiliar e sistema de frenagem automática post-collision, que impede o veículo de colidir com outro carro ou objeto após o impacto inicial. Dependendo da versão, pode ser equipado ainda com bancos traseiros aquecidos, sistema de acesso sem chave, abertura do porta-malas por sensor e uma infinidade de recursos de segurança como controle de cruzeiro adaptativo, alerta de colisão frontal e frenagem de emergência.
Reestilizado, VW Passat 2016 é apresentado nos EUA em momento conturbado
Não houve mudanças na gama de motores, ou seja, o Passat 2016 segue com três opções: 1.8 TSI a gasolina, 3.6 VR6 de 280 cv e o diesel 2.0 TDI (este suspenso após o escândalo das emissões). Os preços serão divulgados até o fim do ano, quando o modelo começa a chegar às lojas norte-americanas. Para efeito de comparação, o modelo entrada atual parte de US$ 22.440. Fotos: Volkswagen Passat 2016

Reestilizado, VW Passat 2016 é apresentado nos EUA em momento conturbado

Foto de: Julio Cesar