GM deve colocar 1.700 funcionários em layoff na fábrica da S10

A General Motors deve conceder dispensa temporária para aproximadamente 1.700 funcionários na fábrica de São José dos Campos, em São Paulo, neste mês de junho. De acordo com o sindicato local dos metalúrgicos, a medida deve durar algo em torno de 15 dias e terá início no próximo dia 15. A marca justificou a ação como forma de controlar os estoques e reduzir o ritmo de produção por conta da queda nas vendas no mercado. A unidade emprega ao todo 5 mil funcionários e fabrica os modelos S10 e Trailblazer.
GM deve colocar 1.700 funcionários em layoff na fábrica da S10
A concessão de férias coletivas dentro da GM não é exclusiva da fábrica de São José dos Campos. Conforme anunciado há algumas semanas, a planta de São Caetano do Sul (responsável pela montagem dos modelos Cruze, Spin, Montana e Cobalt) também teve funcionários com contratos suspensos, alguns até por três meses. Outro problema recente afetou também a fábrica gaúcha de Gravataí, onde 2 mil carros (Onix, Celta e Prisma) deixaram de ser produzidos por conta da greve de caminhoneiros.

GM deve colocar 1.700 funcionários em layoff na fábrica da S10

Foto de: Dyogo Fagundes