Ford libera patentes de elétricos para estimular avanço, mas cobra por isso

A Ford anunciou nesta semana que vai permitir aos concorrentes ter acesso as suas tecnologias patenteadas de veículos elétricos para acelerar a pesquisa e o desenvolvimento nessa área, mas vai cobrar por isso - uma postura diferente da Tesla, que liberou suas patentes de veículos a todos os interessados sem cobrar nada. No ano de 2014, a Ford registrou mais de 400 patentes de veículos elétricos - número que representa mais de 20% das mais de 2.000 patentes geradas pela empresa no ano passado.
Ford libera patentes de elétricos para estimular avanço, mas cobra por isso
"Nosso objetivo é a inovação", afirmou por meio de um comunicado Kevin Layden, diretor de Programas de Eletrificação da Ford. "O caminho para desenvolver a melhor tecnologia é a pesquisa constante. Compartilhando nossas pesquisas com outras empresas, vamos acelerar o avanço da tecnologia de veículos elétricos para oferecer produtos ainda melhores aos clientes."
Ford libera patentes de elétricos para estimular avanço, mas cobra por isso
Atualmente a Ford é líder do segmento nos Estados Unidos, com seis veículos híbridos ou totalmente elétricos: o Focus Electric, os híbridos Fusion Hybrid, C-MAX Hybrid e Lincoln MKZ Hybrid e os híbridos plug-in (com recarga na tomada) Fusion Energi e C-MAX Energi. No total, a marca detém mais de 650 patentes na área de veículos elétricos, além de cerca de 1.000 pedidos pendentes. Dentre as patentes oferecidas estão um sistema de balanceamento que aumenta a capacidade de carga e vida útil da bateria, um sistema de frenagem regenerativa com variação de temperatura e uma interface para monitoramento de dados do comportamento do motorista, por exemplo.
Ford libera patentes de elétricos para estimular avanço, mas cobra por isso
Para ter acesso as patentes a Ford cobra uma taxa, por meio da área de licenciamento e comercialização de tecnologia da empresa, ou da AutoHarvest - um centro colaborativo de licenciamento e inovação para fabricantes de automóveis. A AutoHarvest permite que seus membros apresentem tecnologias e entrem em contato direto com outros inventores para explorar oportunidades de negócios de interesse mútuo. Galeria de fotos: 

Ford libera patentes de elétricos para estimular avanço, mas cobra por isso

Foto de: Redação