GM: funcionários da fábrica de São José dos Campos entram em greve

Em decisão tomada na manhã desta sexta-feira (20), os funcionários da fábrica da General Motors em São José dos Campos (SP) entraram em greve. Conforme explica o sindicato que reúne os metalúrgicos da unidade, a paralisação foi motivada pela iminente demissão de 794 dos 5.200 empregados da unidade. Estes trabalhadores já estavam em período de layoff (suspensão temporário do contrato) desde setembro do ano passado, mas retornaram na última sexta (13) aos respectivos postos.
GM: funcionários da fábrica de São José dos Campos entram em greve
Ainda segundo o sindicato, a GM teria sugerido em reunião realizada na quinta-feira (19) uma extensão de dois meses do layoff, ou a demissão imediata dos operários. A proposta foi negada pelos funcionários, sob alegação que todos os funcionários têm estabilidade garantida até 7 de agosto. Presidente da entidade, Antônio Ferreira de Barros pede ao governo federal que faça a intermediação nas negociações com montadora, tendo em vista que diversas empresas do setor têm recebido incentivos fiscais.
GM: funcionários da fábrica de São José dos Campos entram em greve
Chevrolet Trailblazer 2015 Na planta são produzidos dois modelos da Chevrolet: a S10 e o Trailblazer. O ritmo de montagem chega a 300 unidades por dia.

GM: funcionários da fábrica de São José dos Campos entram em greve

Foto de: Dyogo Fagundes