Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro

O ano de 2015 marcou a consolidação de um novo líder de vendas, a chegada de novos SUVs/crossovers para modificar o status quo e a queda de antigos "imbatíveis". O que nos reserva 2016? CARPLACE faz agora as suas apostas para 2016 com base nos 20 modelos mais vendidos no ano passado. Confira! Chevrolet Onix (em 2015: 125.931): grandes chances de manter a liderança, pois será renovado em breve e não há previsão de chegada de rival à altura em vendas. Terá nova frente, com a mesma filosofia de design mostrada no Cobalt, e também ganhará a nova geração da central MyLink com Apple Car Play e Android Auto.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Fiat Palio (em 2015: 122.364): tende a cair bastante em 2016 com a chegada do Mobi. Isso porque, previsto para custar a partir de R$ 30 mil, o novo compacto tem a missão de substituir, aos poucos, o Palio Fire - modelo que hoje responde por mais de 50% das vendas totais do Palio. Para o "novo" Palio não estão previstas mudanças.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Hyundai HB20 (em 2015: 110.396): recém-renovado, o compacto da Hyundai não deverá oscilar muito nas vendas deste ano. Promoções pontuais poderão alavancar vendas, bem como a estreia da versão 1.0 turbo.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Fiat Strada (em 2015: 98.631): líder entre os comerciais leves há mais de 15 anos, a picape pequena deve manter a ponta, mas o lançamento da Toro e a consolidação da Renault Duster Oroch devem reduzir a sua enorme vantagem.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Ford Ka (em 2015: 90.187): Um dos campeões de vendas para pessoas jurídicas em 2015, perdeu o fôlego para acompanhar o HB20 nos últimos meses do ano passado. Poderá se aproveitar da provável queda nas vendas do Palio em função do Mobi para se aproximar do pelotão da frente.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
VW Gol (em 2015: 82.746): campeão de vendas por 27 anos consecutivos (1987 a 2013), o hatch, que será reestilizado ao longo do ano, perdeu espaço no ano passado e não parece ter fôlego para retomar um lugar no pódio em 2016. Mas a reestilização e a adoção do motor 1.0 3-cilindros ainda no primeiro semestre pode inverter a tendência de queda.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
VW Fox/Crossfox (em 2015: 79.590): sem mudanças previstas, a linha enfrentará uma batalha dura contra modelos como o Fiat Uno e o Renault Sandero para se manter no top 10.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Fiat Uno (em 2015: 79.461): assim como o Palio, deverá perder espaço para o Fiat Mobi. Vai ganhar novo motor 1.0 3-cilindros no fim do ano, mas até lá terá grandes dificuldades para se manter entre os líderes.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Renault Sandero (em 2015: 78.174): um dos três mais vendidos para PJ no ano passado, deverá enfrentar a concorrência interna do Kwid e poderá sofrer para garantir lugar no top 10. Há previsão de adoção do motor 1.0 de 3-cilindros já utilizado no Nissan March.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Chevrolet Prisma (em 2015: 70.336): com reestilização prevista ainda para breve (mesmas mudanças do Onix), tem chances mais do que concretas de repetir uma confortável liderança entre os sedãs de entrada.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Toyota Corolla (em 2015: 67.339): com os novos Honda Civic e Chevrolet Cruze previstos apenas para o segundo semestre e com outros rivais sem grandes novidades, o japonês deve assegurar mais um ano de domínio entre os sedãs médios, ampliando sua participação de mercado.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Fiat Siena (em 2015: 59.393): envelhecido, o sedã de entrada da marca italiana terá enormes dificuldades para segurar a segunda posição no segmento, mas há potencial para se manter no top 20.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
VW Saveiro (em 2015: 56.704): rival da Strada, a picape da marca alemã sofrerá uma reestilização (ainda no primeiro semestre), mas deverá ser afetada pela Toro e pela Oroch e não será surpresa se perder a segunda posição entre os comerciais leves.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
VW up! (em 2015: 53.542): mesmo com a chegada de versões com motores TSi, o menor dos VW no Brasil ainda está longe da previsão de vendas da marca e deverá sofrer com a chegada de modelos mais baratos, como o Fiat Mobi e o Renault Kwid.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Hyundai HB20S (em 2015: 53.278): assim como o hatch, foi renovado no último trimestre de 2015. Com a desaceleração do Siena, tem grandes chances de assumir a vice-liderança entre os sedãs de entrada.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Honda HR-V (em 2015: 51.155): um dos grandes lançamentos do ano passado, o líder de vendas entre os SUVs/crossovers em 2015 deverá travar uma dura batalha contra o Jeep Renegade para manter a posição.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Honda Fit (em 2015: 42.476): sem novidades para já (o motor 1.0 turbo deverá chegar em 2017), o modelo de entrada da marca japonesa deverá se manter estável.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
VW Voyage (em 2015: 41.518): mesmo amparado pelas vendas para PJ e com reestilização prevista ao longo do ano, deverá enfrentar dificuldades para se manter no top 20 com a chegada de novos modelos.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Ford Fiesta (em 2015: 40.063): em queda livre e com sucessivos aumentos de preços, o Ford dificilmente conseguirá repetir mais um ano entre os vinte mais vendidos diante do lançamento de novos modelos com grande potencial de mercado. Aguarda versão 1.0 turbo, que pode trazer um novo posicionamento de mercado.
Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro
Jeep Renegade (em 2015: 39.187): campeão de vendas entre os SUVs/crossovers no último trimestre de 2015, pinta como favorito para destronar o rival HR-V ao longo do ano e deve galgar algumas posições no ranking geral. Ganhará nova versão e mudanças no motor 1.8 flex (linha 2017) para ampliar o portfólio. Fonte: Fenabrave

Mercado 2016: nossas apostas para o Top 20 brasileiro

Foto de: Thiago Parísio