Obituário: Celta se despede oficialmente após mais de 1,5 milhão de unidades

Ausente das linhas de montagem da fábrica de Gravataí (RS) desde meados de junho (leia mais aqui), o Celta não aparece mais no site da Chevrolet do Brasil. Conforme portfólio apresentado na página da marca, o novo modelo de entrada oferecido aos consumidores é o sedã Classic, com preço sugerido de R$ 33.100. Nos últimos meses de produção o Celta era ofertado apenas na versão LT de quatro portas com pacote de equipamentos fechado. Foi o primeiro carro produzido na planta gaúcha, e se despede do mercado após mais de 1,5 milhão de unidades produzidas.
Obituário: Celta se despede oficialmente após mais de 1,5 milhão de unidades
Lançado no segundo semestre do ano 2000 com a proposta de ser o carro mais barato do Brasil, o Celta tinha como base a plataforma do Corsa de 1994. Fez sucesso com virtudes como mecânica confiável e baixo custo de manutenção, mas pecava em pontos como espaço e qualidade do acabamento. Foi vendido nas carrocerias de 2 e 4 portas com motores 1.0 e 1.4 (este restrito aos primeiros anos de produção). Constituiu família com a versão sedã Prisma em 2006, ano em que também ganhou significativa reestilização.

Obituário: Celta se despede oficialmente após mais de 1,5 milhão de unidades

Foto de: Dyogo Fagundes