Audi: SUVs devem somar 50% das vendas da marca nos próximos cinco anos

A estratégia de ampliação da linha "Q" deve implicar em uma nova composição do mix de vendas da Audi nos próximos anos. Em entrevista concedida à revista britânica Auto Express, Rupert Stadler, chefão da marca das quatro argolas, revelou que a expectativa é de que os crossovers somem 50% dos emplacamentos totais da companhia. A meta deve ser alcançada dentro de cinco ou dez anos, e virá acompanhada de uma série de lançamentos.
Audi: SUVs devem somar 50% das vendas da marca nos próximos cinco anos
Atualmente composta pelos modelos Q3, Q5 e Q7 (este completamente renovado há pouco tempo, foto acima), a linha Q ganhará novos integrantes até aproximadamente 2019. Já no ano que vem, por exemplo, será apresentado o inédito Q1, que ficará na base da gama, ao passo que em 2017 chegará ao mercado o grandalhão Q8, responsável por ficar no topo da família. Correm por fora ainda os lançamentos do Q6, totalmente elétrico, e por volta de 2019 do Q-Júnior, ainda menor que o Q1. Galeria: linha Audi Q 

Audi: SUVs devem somar 50% das vendas da marca nos próximos cinco anos

Foto de: Dyogo Fagundes