Mercado duas rodas: produção e vendas no atacado registram queda no Brasil

Parece que a recuperação do mercado das duas rodas não chegará tão cedo, visto que a indústria de motos continua apresentando números retraídos de produção, vendas e exportação. De acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), a produção no penúltimo trimestre deste ano contabilizou queda de 7,1% em relação ao mesmo período de 2013. No total, foram fabricadas 393.085 motocicletas ante 423.258 no ano passado. Quando o período analisado é o acumulado do ano, ou seja, de janeiro a setembro, a queda registrada foi ainda maior, de 8%, passando de 1.263.203 (2013) para 1.162.698 (2014). Ainda segundo a entidade, as vendas no atacado apresentaram recuo de 7,6% quando comparou-se com o ano passado. Entre julho e setembro foram comercializadas 350.598 unidades para as redes de concessionárias, ante 379.308 no mesmo período de 2013. Já no acumulado, o decréscimo foi de 10,7%, com 1.195.770 motocicletas ante 1.067.382, em 2014.
Mercado duas rodas: produção e vendas no atacado registram queda no Brasil
No varejo, a média diária de vendas de motocicletas cresceu 2,8% entre agosto (21 dias úteis) e setembro (22 dias úteis), passando de 5.300 para 5.445 unidades. Porém, quando comparada à média diária do mesmo mês de 2013 (5.607 unidades/dia em mês com 21 dias úteis), verificou-se um declínio de 2,9%. Caso você pense que na exportação o cenário é mais otimista, está enganado. Foi registrado um recuo de 4,8% na comparação mensal, passando de 9.530 unidades, em agosto, para 9.075, em setembro. Em comparação com setembro de 2013 (8.169), no entanto, houve evolução de 11,1%. “Ficamos abaixo da média diária de vendas de 6 mil unidades, que era prevista para o período pós Copa do Mundo. Diante disso, revisamos as projeções de fechamento de 2014, passando a considerar uma produção total de 1.550.000 unidades, vendas no atacado de 1.460.000, varejo com 1.440.000 e exportações de 90 mil. Estas novas projeções indicam que, em comparação com 2013, teremos retrações de 7,4% na produção, 8,3% no atacado, 5% no varejo e 15% nas exportações”, afirmou Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Mercado duas rodas: produção e vendas no atacado registram queda no Brasil