Consumo: Ford descobre erro nas medições e promete ressarcir consumidores

A Ford anunciou nesta semana nos Estados Unidos que irá ressarcir seus consumidores depois de identificar um erro nas medições usadas para classificar o nível de consumo de seus modelos. De acordo com a marca, uma falha foi encontrada na forma de correlacionar os dados aferidos nas avaliações de pista, túnel de vento e dinamômetro. A postura da empresa foi tomada depois que a EPA (Agência de Proteção Ambiental norte-americana) detectou que os dados divulgados em tese pela marca eram impossíveis de se alcançar em testes reais.
Consumo: Ford descobre erro nas medições e promete ressarcir consumidores
De acordo com a Ford, a falha afeta aproximadamente 200 mil veículos e seis modelos diferentes: New Fiesta (motores 1.0 e 1.6), C-Max Energi, C-Max Hybrid, Fusion Energi, Fusion Hybrid e Lincoln MKZ. Para compensar os gastos com combustível além do consumo teoricamente previsto, a marca promete ressarcir os consumidores com o que chamou de "pagamento de boa vontade". Dependendo do modelo, os valores podem variar de US$ 125 a R$ 1.050 (R$ 277 e R$ 2.400, respectivamente).

Consumo: Ford descobre erro nas medições e promete ressarcir consumidores

Foto de: Dyogo Fagundes