Máxima eficiência: novo Wrangler terá carroceria de alumínio e motores turbo

Em entrevista concedida recentemente durante o Salão de Paris, Sergio Marchionne, chefão do grupo FCA, revelou detalhes a respeito da próxima geração do Jeep Wrangler. De acordo com o executivo, há grandes chances de o SUV adotar carroceria com painéis de alumínio, tal qual o Land Rover Defender. Com a medida, a expectativa é reduzir o peso final do veículo e compensar a manutenção dos eixos rígidos do modelo atual, imprescindíveis para a performance no off-road, mas consideravelmente pesados.
Máxima eficiência: novo Wrangler terá carroceria de alumínio e motores turbo
Ainda segundo o executivo, o investimento para produzir o novo modelo será alto e exigirá a transferência da produção da fábrica de Toledo, que monta o utilitário há décadas, para uma planta com estrutura mais avançada. "Se optarmos pelo alumínio, teremos que produzir o Wrangler em outro lugar. Adaptar as linhas de montagem de Toledo geraria um custo proibitivo", justifica Marchione. Além disso, o chefão adiantou que o conceito de motores downsizing fará da nova gama, com foco na máxima eficiência energética.  

Máxima eficiência: novo Wrangler terá carroceria de alumínio e motores turbo

Foto de: Dyogo Fagundes