Híbrido: VW Passat GTE tem 218 cv e consumo de 50 km/l

A Volkswagen apresenta nesta semana na Europa uma nova versão para a recém-apresentada nova geração do Passat. Batizada de GTE e já oferecida em outros modelos da marca, como o Golf, a configuração tem como foco a eficiência energética e traz como destaque um conjunto híbrido capaz de desenvolver até 218 cavalos de potência. A novidade começará a ser vendida nos principais mercados da Europa no segundo semestre de 2015 e tem estreia pública marcada para o Salão de Paris.
Híbrido: VW Passat GTE tem 218 cv e consumo de 50 km/l
Visualmente, o Passat GTE (oferecido tanto na carroceria sedã quanto na configuração perua) se diferencia das demais versões por detalhes sutis. A grade dianteira, por exemplo, acrescenta detalhes em azul nos filetes, ao passo que a parte inferior do para-choque ganha novo desenho e luzes diurnas de LED em formato de "C". Na cabine, há iluminação ambiente na cor azul, manopla do câmbio redesenhada, logotipos especiais e volante revestido em couro.
Híbrido: VW Passat GTE tem 218 cv e consumo de 50 km/l
Mecanicamente, o destaque fica por conta do sistema híbrido. O propulsor 1.4 TSI a gasolina rende 156 cavalos de potência e trabalha em conjunto com um motor elétrico de 115 cavalos - juntos os propulsores desenvolvem potência combinada de 218 cv. A tração é dianteira e o câmbio é automático de seis marchas e dupla embreagem.
Híbrido: VW Passat GTE tem 218 cv e consumo de 50 km/l
De acordo com a Volkswagen, o consumo é de impressionantes 50 km/l com emissão de apenas 45 g de CO2/km. Dados de fábrica apontam ainda aceleração de 0 a 100 km/h em menos de 8 segundos e máxima de 220 km/h. A autonomia pode superar os 1.000 km.

Híbrido: VW Passat GTE tem 218 cv e consumo de 50 km/l

Foto de: Dyogo Fagundes