Salão de Detroit: primo rico do Ford Edge, Lincoln MKX ganha nova geração

Subsidiária de luxo da Ford, a Lincoln leva como principal atração para o Salão de Detroit a nova geração do crossover MKX. Baseado na plataforma do Edge (também presente na mostra e com lançamento no Brasil já confirmado), o modelo abandona o visual controverso da encarnação passada (especialmente antes da reestilização) e aposta dessa vez em linhas próprias e estilo único. As vendas nos Estados Unidos serão iniciadas na segunda metade do ano.
Salão de Detroit: primo rico do Ford Edge, Lincoln MKX ganha nova geração
No visual, o novo MKX segue à risca a filosofia da Lincoln com linhas que lembram lançamentos recentes como o sedã MKX (baseado no Fusion) e o crossover MKC (derivado do Escape). A grade é o principal destaque da dianteira, sendo dividade em duas e ladeada por amplos faróis com luzes diurnas de LED. Laterias têm caixas de roda musculosas e diversos detalhes cromados, enquanto a traseira traz lanternas verticais interligadas e para-choque com saídas de escape integradas.
Salão de Detroit: primo rico do Ford Edge, Lincoln MKX ganha nova geração
A cabine acompanhou a evolução apostando em materiais de primeira linha, incluindo madeira e couro premium. O painel exibe desenho mais moderno e com pegada futurista, trazendo como destaque o console central flutuante e funções do câmbio acionadas por botões localizados do lado esquerdo do sistema de entretenimento. Entre os principais equipamentos há câmera de 360º, controle de velocidade adaptativo, sistema de estacionamento tipo "Park Assist", frenagem automática, entre outros.
Salão de Detroit: primo rico do Ford Edge, Lincoln MKX ganha nova geração
Sob o capô serão oferecidas duas opções de motorização. O bloco de entrada é um 3.5 V6 de 300 cavalos e 38,6 kgfm de torque, enquanto o segundo é um 2.7 também V6 de 330 cv e 51 kgfm de força. Ambos são ligados a um câmbio automático de seis marchas, com opção de tração integral.

Salão de Detroit: primo rico do Ford Edge, Lincoln MKX ganha nova geração

Foto de: Dyogo Fagundes