Fiat Strada chega ao México como RAM 750 pelo equivalente a R$ 32,7 mil

O grupo FCA Fiat-Chrysler inicia nesta semana no México a comercialização da picape Strada sob a bandeira da divisão de utilitários RAM. Produzida em Betim, Minas Gerais, a caminhonete desembarca em solo mexicano atendendo pelo batismo RAM 750. Trata-se do menor modelo oferecido pela empresa no país. Os preços vão de 182.900 pesos para a carroceria de cabine simples e 241.900 pesos para a configuração cabine dupla de três portas (respectivamente, R$ 32.700 e R$ 43.300). A lista de equipamentos de série inclui direção hidráulica, freios ABS, airbags frontais, ar condicionado, sistema de som com CD, leitor de MP3 e USB, além de conexão Bluetooth. A versão topo de linha, batizada de Club Cab, adiciona controle centralizado remoto, volante multifuncional, rodas de liga leve de 15 polegadas, espelhos ajustáveis e faróis de neblina, entre outros itens. Sob o capô, o motor é sempre o 1.6 E.TorQ de 115 cv de potência a 5.500 rpm e 11,9 kgfm de torque a 4.500 rpm. O bloco é associado a um câmbio manual de cinco marchas, com tração dianteira e sistema Locker de bloqueio do diferencial nas versões mais caras. Visualmente não há mudanças além da troca de logotipos. A carroceria pode ser pintada nas cores branco, vermelho, preto e prata.

Fiat Strada chega ao México como RAM 750 pelo equivalente a R$ 32,7 mil

Foto de: Dyogo Fagundes