Peugeot RCZ não terá segunda geração, afirma chefão da PSA

A Peugeot voltou atrás na decisão de desenvolver uma segunda geração para o cupê RCZ e confirmou nesta semana que o esportivo sairá do mercado sem deixar sucessor. De acordo com Carlos Tavares, chefão da PSA, todos os carros nascidos efetivamente como veículos esportivos serão retirados do catálogo da marca. O objetivo da empresa, explica o CEO, é apostar em versões apimentadas de modelos já existentes e dessa forma ampliar os lucros.
Peugeot RCZ não terá segunda geração, afirma chefão da PSA
A Peugeot não confirma, mas fontes extra-oficiais afirmam que o investimento da marca no desenvolvimento do esportivo (nascido praticamente autônomo, sem derivações) não foi recuperado, devido, em grande parte, ao fraco desempenho comercial. Em pronunciamento, Tavares assegurou que o modelo não sairá de linha imediatamente e ficará por mais algum tempo no mercado. "O RCZ tem um pouco de quilômetros para percorrer ainda", disse.

Peugeot RCZ não terá segunda geração, afirma chefão da PSA

Foto de: Dyogo Fagundes