Crise: GM do Brasil suspende exportação de veículos para a Argentina

A General Motors do Brasil confirma nesta semana que suspendeu por tempo indeterminado a exportação de veículos para a Argentina. Esta medida tem relação direta com a restrição cambial ocasionada pela crise financeira vivida pelo país vizinho. No momento, a filial portenha optou por usar os (poucos) dólares liberados pelo governo do Cristina Kirchner para priorizar a importação de peças em vez de veículos, considerando o fraco desempenho do mercado local.
Crise: GM do Brasil suspende exportação de veículos para a Argentina
“Na Argentina, a empresa está priorizando momentaneamente a importação de componentes para o abastecimento de sua linha de produção em vez da importação de veículos prontos, pois o estoque atual é suficiente para o ritmo de vendas do mercado local”, diz a nota. Na fábrica da marca em Rosário são produzidos os modelos Classic e Agile, este já descontinuado no Brasil. Já a linha de veículos brasileiros exportados inclui Onix, Prisma, Celta, Cobalt, Spin, S10, Trailblazer e Montana.

Crise: GM do Brasil suspende exportação de veículos para a Argentina

Foto de: Dyogo Fagundes